Minna Suki!

Quinta, 07 Julho 2011 20:53

Review de anime: A-Channel

Escrito por 
Avalie este item
(1 Votar)

Olá, pessoal.

Hoje estou trazendo mais um review.

Como muitos devem saber, nossos reviews contêm spoiler. No entanto, só leia se assistiu ou se não pretende assistir.

Bem vamos ao que interessa.

Vocês lembram-se do estúdio GONZO? Que estava financeiramente quebrada? Alías, o estúdio esta voltando aos poucos, como pode ver temos um anime confirmado para temporada de outubro: A segunda temporada de Last Exile: Ginoku no Fam. Ai vocês vão me dizer o que tem a ver com A-Channel.

Pior que o anime tem ligação com GONZO. Como assim? Quem está assistindo devem saber que o estúdio responsável é o "Studio Gokumi" que nada menos que o antigo "GONZO dai go studio". Sim, o "Studio Gokumi" era um sub estúdio do GONZO. "GONZO dai go studio" até que é famoso por ter produzido Strike Witches e Saki!. Alías esses devem ser os poucos animes do GONZO que fizeram sucesso.

Por esse motivo acima que o novo anime Saki! que foi anunciado recentemente poderá ser produzido pelo Studio Gokumi. Por enquanto não foi anunciado quem irá produzir, mas tem grande chance de realmente ser o Studio Gokumi.

Toda essa enrolação é só para falar que o anime A-Channel, não foi produzido pelo estúdio novato, mas sim pela equipe com certo reconhecimento.

A temporada de Abril era difícil para A-Channel, tinham vários animes classificados como Slice of life, como Ano Hana, Hanasaku Iroha, Nichijou etc... No fim, esses animes eram classificados como Slice of life, mas o que realmente eram Slice of life classico eram apenas Nichijou e A-Channel. Se você é novo no mundo dos animes e gostaria de assistir outras obras do gênero Slice of life então não deixe de olhar as recomendações dos nossos colegas.

Mesmo assim, A-Channel conseguiu o seu espaço com um anime bastante carismático e simpático, superando até Nichijou nas vendas de BD e DVD. Então para os que estão esperando pela segunda temporada isso pode vir acontecer sim. Pois normalmente a segunda temporada é decidida com a venda da primeira temporada assim sucessivamente. Para os animes que passam de madrugada, o que vale é venda de DVD e BD, a audiência em sí não interfere no faturamento deles. Eles apenas transmitem esses animes com intenção de divulgar os seus animes, e não com a intenção de faturar com a transmissão.

Como disse acima, a comparação com Nichijou era inevitável, sempre os animes do mesmo gênero são comparados. Então poucos botaram confiança no A-Channel, mas no fim esse anime acabou superando a expectativa de muitos, mas não de todos. Provavelmente o anime deve ter chamado mais atenção dos que gostaram do anime Hidamari Sketch, já que ambos são slice of life mais calmos, do que mais agitado como no caso de K-ON!.

O anime trata da relação de amizades entre quatro amigas, a Run, a Tooru, a Nagi e a Yuuko. Ao longo dos episódios vocês veem como elas se combinam e como elas se gostam. Mesmo a Tooru sendo um ano mais novo que outras, não têm toda aquela formalidade que tinha no anime Hidamari Skech, por exemplo. Vê nítida diferença durante a conversa entre senpai e kouhai. Talvez esse tipo de coisa só é percebido para quem conhece o japonês, mas a falta de formalidade torna o anime muito mais carismático, pois isso demonstra o quão elas são amigas.

Muitos devem ter dropado o anime no início, mas esse é diferente de muitos animes que começa bom e vai piorando, esse vai melhorando a cada episódio, a personalidade única de cada personagem é incrível, não tem como não acabar gostando das personagens.

O anime deixa certa dúvida em relação de como elas se tornou amigas. Diferente de K-ON! que demonstra todo o processo, desde criação do clube até a formatura delas. Lógico foi demonstrado a relação entre Run e Tooru, que são amigas desde infância, e como a Yuuko conheceu a Run. Mas não tem explicação de como a Nagi se tornou membro desse grupo. Entendo que a Run, Nagi e Yuuko são da mesma classe, mas poderia sim ter mostrado a forma como elas conheceram. Se acaso tiver a segunda temporada quero que isso seja explorado melhor.

Você percebe nitidamente que há elemento shoujo-ai, entre Tooru e a Run. A Tooru sente ciúmes das pessoas que aproximam da Run. Fazendo até os homens que aproximam da Run se afastarem. É muito legal a forma que ela faz isso, alías a relação que a Run e Tooru mantém é muito fofo. Só para curiosidade, alías só fui saber hoje graças ao membro do nosso fórum jasque, que a seiyu da Tooru é a mesma da Madoka do anime Mahou Shoujo Madoka★Magica a Aoi Yuuki.

A personagem Yuuko normalmente referido como o clone da Mio do anime K-ON!. Não é para menos, é a que canta melhor, que tem medo e a tímida, sem contar aparência que aparenta bastante com a Mio. Mas para aqueles que entendem um pouco de japonês, deve ter percebido que ela fala dialeto kansai, esse dialeto são utilizados por quem vive na região de Oosaka e conhecido como a mais engraçada, tanto que é comum ver personagens utilizando esse dialeto. De toda forma, o uso desse dialeto, faz dela a única e diferente. Mas infelizmente é algo que se perde na tradução.

A Nagi talvez seja a personagem que menos destaca no anime. Mas com certeza, ela não poderia faltar se não A-Channel não seria a mesma coisa. A cara que ela fez quando ganhou um bicho de pelucia que a Run fez, foi muito engraçado, alías o que era mesmo aquele bicho?

Ah... Não podemos esquecer dos elencos secúndarios, alías as fãs da Tooru. Bem, se alguém souber por que elas viraram fã da Tooru ficarei grato. As fãs seriam a Yutaka e a Miho. A Miho é mais calma e Yutaka é bem mais agitada. Mas ambas são personagens bastante carismáticas. O mais engraçado dessa combinação de Tooru, Yutaka e Miho é a regra de 3 minutos.

Outra coisa que não posso deixar de dizer é insert song que tem praticamente em todos os episódios. Eu gosto a forma que eles fizeram isso, pra mim está aprovado.

Porém nem tudo é maravilha, a série sofre com baixo investimento. Isto está muito na cara, você percebe nitidamente que animação é bastante inconstante. Acho que qualquer um deve ter percebido que em várias cenas os figurantes não mexem, provavelmente devido à limitação no número de quadro por segundo. Mesmo assim vê o esforço dos produtores, não sei se repararam na sala de aula, por exemplo, os alunos que não fazem parte do elenco do anime, estão bem desenhados. Alías, um figurante é bem diferente do outro, é muito comum em vários animes que os figurantes são parecidos, então neste quesito este anime não tem nada que reclamar. O baixo investimento muito provavelmente foi de proposito, acho que nem os produtores não tinham tanta confiança no que estava produzindo.

Verídico: É um excelente slice of life para aqueles que gostam de slice mais calmo como Hidamari. Talvez não faça muito tipo daqueles que gostam de slice mais agitado como K-ON! ou Minami-Ke. Alías nem daqueles que gostam de slice extremamente calmo como Aria. As personagens carregam forte personalidade e agem de forma bem divertida. Se você gosta de um slice bem divertido, sem as personagens nonsense, então este foi feito para você.

Ficha técnica:

Título: A-Channel
Gênero: Slice of life
Obra original: Mangá - 2º Volume (em publicação)
Site oficial: http://www.a-ch.jp/
Estúdio: Studio Gokumi
Diretor: Manabu Ono (Saki!)
Data de estréia: 07/04/2011
Número de episódios: 12
Nota: 8.5/10

Ler 4097 vezes
comments powered by Disqus

Você está aqui: Home Anime Review de anime: A-Channel